segunda-feira, 10 de maio de 2010

Voltando para casa...

Morando na Itália passamos pela França, Inglaterra, Alemanha, Mônaco, Polônia e Egito. Muitos litros de vinho depois, paisagens de todas as cores possíveis e (in)imagináveis ficam nos visitando, seja o azul clarinho da costa lígure, uma estradinha escoltada por quilômetros e quilômetros de um amarelo vivo das plantações de girassóis, um branco realmente branco da neve durante e logo após a nevasca, o ocre quase dourado da poeira dos desertos, entre tantas e tantas outras cores que acompanham nossas lembranças.

Comer “trufas negras” em uma barraquinha de rua, fazer um boneco de neve na sacada de casa, dar um mergulho no mar às dez da noite com o sol ainda se pondo, acompanhar a mudança das árvores no caminho para o trabalho de acordo com cada estação do ano (verdes e floridas, amarelas, galhos secos e nevados), ter o nosso casamento celebrado pelo prefeito da cidade e tomar um prosecco com o mesmo para comemorar, utilizar “palavrinhas-chave” em alemão, inglês, francês, polonês e árabe para pedir uma informação ou agradecer uma cortesia, comer uma autêntica comida italiana feita por um amigo siciliano na noite de reveillon, ser bem recebido por anfitriões maravilhosos, visitar “ícones-sonhos” que nos acompanham desde a infância, escutar o ronco dos carros de “Fórmula 1” pelas ruas de Mônaco, alimentar esquilinhos em um parque, encontrar carne de coelho e cavalo nas geladeiras dos supermercados, assistir um filme brasileiro dublado em polonês, são alguns dos tantos momentos que acompanharão nossas vidas e vez ou outra nos deixarão distraídos, olhando para o nada, com um sorriso bobo nos nossos rostos.
Estamos de volta, um ano depois. Alla Salute!!!

2 comentários:

  1. Amo a forma que você descreve as paisagens!!!

    Infelizmente "todo carnaval tem seu fim"

    beijo grande!

    ResponderExcluir
  2. Hi... Looking ways to market your blog? try this: http://bit.ly/instantvisitors

    ResponderExcluir